Solvay é co-fundadora de laboratório colaborativo para as biorrefinarias

A Solvay Portugal figura entre as 16 entidades fundadoras da Associação Laboratório Colaborativo Investigação e Inovação em Biorrefinarias – CoLab Bioref, constituída mediante escritura pública realizada em Abril.

Bioref CoLab co-foundersClick to enlarge
O Laboratório Colaborativo Bioref, associação sem fins lucrativos e de natureza privada, com sede em São Mamede de Infesta, concelho do Porto, visa a promoção de biorrefinarias avançadas, através do desenvolvimento de actividades I&I em plataformas tecnológicas (de base química, bioquímica e termoquímica) para a conversão de biomassa e biorresíduos. O seu objecto social inclui a prestação de serviços na área da biomassa e derivados, e a consultadoria técnica e científica a entidades públicas e privadas.

A nova associação integra o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), o Instituto de Investigação da Floresta e Papel (RAIZ), sete instituições de ensino superior (entre as quais o Instituto Superior Técnico e as Universidades do Minho, Porto, Aveiro e Nova de Lisboa) e várias empresas, como a Solvay, a A4F Algafuel, a Petrogal ou a Sysadvance.

Com esta participação activa num moderno mecanismo de inovação, a Solvay Portugal reforça o compromisso com a sustentabilidade das suas operações e o envolvimento na transformação tecnológica, em colaboração com alguns dos seus mais destacados clientes e parceiros.

Polo da região Lisboa funcionará na Póvoa de Sta. Iria

O CoLab Bioref, transitoriamente gerido por uma comissão instaladora, deverá começar a funcionar após o Verão, no seguimento da eleição dos órgãos sociais e da nomeação de um director executivo. Disporá de financiamento atribuído directamente pelo Fundo Social Europeu, tendo em vista os primeiros três anos de actividade.

Esta Associação terá quatro polos (Norte, Centro, Lisboa e Alentejo), localizando-se o polo da região Lisboa na Póvoa de Sta. Iria, onde operam Solvay e A4F Algafuel.

Para a região Norte, os fundadores já delinearam o eixo estratégico de desenvolvimento do biogás e do hidrogénio renovável para o sector dos Transportes, enquanto para a região Lisboa se projecta o eixo das biorrefinarias de microalgas e afins, e das biorrefinarias de combustíveis líquidos.

Até final do próximo mês de Junho, os fundadores do CoLab Bioref deverão definir a agenda de investigação e inovação para os próximos cinco anos, assim como as necessidades de recrutamento de recursos humanos.

Os estatutos prevêem a prestação de serviços às empresas participantes na Associação, assim como ao próprio Estado, sendo objectivo, desde o ano zero, avançar com “pilotos” nas empresas para demonstração e aplicação no mercado.